O que vale é a história.

50/50 tem bons atores – Joseph Gordon-Levitt, Seth Rogen, Anna Kendrick – uma bela fotografia e uma excelente trilha sonora. As músicas se encaixam tão bem a cada uma das cenas, é algo tão bonito, te passa as sensações certas de cada momento. Sinto que passei o filme inteiro com um sorriso no rosto e olhos marejados. Poucas obras fazem algo do tipo comigo.

Numa época que faltam ideias, 50/50 faz de maneira perfeita o mais simples; narra a história de Adam (Joseph Gordon-Levitt), um jovem de 27 anos que tem câncer. Nada de mais. Nada complicado. Mas é tão bem feito, tão divertido, tão comovente.

Que belo filme.

Veja o trailer:

Anúncios