Estou tendo uma paletra. Ótima, o cara sabe tudo. Seria melhor ainda se eu soubesse do que ele está falando. Mas tudo bem. O cara conhece tudo mesmo. Fala de coisas estranhas, circuitos, máquinas, com a maior facilidade do mundo. É, provavelmente, o melhor professor de todos.

Mas ele tem um problema. O pior dos problemas. Ao falar a palavra “ok”, ao final das frases, ele pronuncia “ó cá”, ao invés do usual e querido “oh quei”. E isso me mata. Mais do que a mulher da balada mata Michel Teló.

Abraços!

Anúncios