Olá amigos. Tenho o prazer de anunciar que este é o primeiro post pago desse blog. Mas não se assuste, não vou fazer propaganda de nenhum produto nas próximas linhas. Fui contratado pela ABNT (Associação Brasileira de Normas e Trecos) para redigir o documento padrão para o anúncio de spoilers nesse mundão de meu Deus que se chama amor. Não, pera. Que se chama Interwebz.

SPOILER: ESSE DOCUMENTO CONTÉM SPOILER SOBRE O SPOILER!!1

Você sabe muito bem o que é um spoiler. Spoiler é quando você fala para todo mundo que Bruce Willis estava morto o tempo todo naquele filme idiota, ou que Norman Bates estava louco e se vestia como sua mãe para matar mulheres indefesas. E tem gente que odeia spoiler. Tem gente que não sabe relaxar e viver a vida. Se você ficou sabendo de algo antes da hora, relaxe e aproveite a história, perceba os caminhos que a obra traçou para chegar ao final que estragaram para você. Ele não é tão importante assim, te garanto.

Domingo à noite o povo do twitter estava atacado nos spoilers sobre o season finale de Game of Thrones. Não pude assistir ao episódio – baixei-o para assistir ontem, mas não pude devido ao UOL Host – e estava navegando pela rede social bem na hora do término do programa. Pelo que pude perceber ocorreu algo sobre mortos vivos, pois choveu de mensagem do tipo “Game of Thrones se encontra com Walking Dead” ou coisa do tipo. Não gostei muito de o pessoal ter falado isso as 10 e 15 da noite, sei lá, bem na hora que a coisa terminou, mas não me importei tanto. Estou torcendo para que Eddard Stark consiga colar sua cabeça de volta ao corpo e volte à série.

Foi por isso que a ABNT (Agremiação Bélica de Nomenclaturas e Tulipas) me convidou para redigir a nova lei sobre o spoiler:

Projeto de lei 91210, de Bel-air para o mundo, presidido pelo juiz tio Phil:

Artigo 1 – Fica proibido a revelação de spoilers gratuitos – ou seja, fora de textos sobre a série e que não seja avisado – por 365 dias corridos da exibição do episódio.

Parágrafo 1.1 – Redes sociais não poderão soltar frases ou relatar acontecimentos sobre a referida série antes do prazo, mesmo se tratando de perfis oficiais de redes de televisão (ouviu HBO Brasil?).

Parágrafo 1.2 – Passados 365 dias da exibição do episódio, você pode falar para qualquer um que a Rita foi morta pelo Arthur sem se sentir culpado.

Artigo 2 – Quem for responsável por spoiler receberá uma notificação via e-mail com uma advertência e uma informação secreta de uma série e filme para “ficar esperto”. Da segunda vez que a mesma pessoa soltar um spoiler fora do prazo, receberá outra notificação, outra informação secreta e terá que assistir a um vídeo do Felipe Neto. No terceiro spoiler, você será multado em U$$ 1000,00 (Hum mil dólares), terá o thepiratebay bloqueado por um mês e será sentenciado a assistir um episódio inteiro de Zorra Total.

Parágrafo 2.1 – Se você utilizar esse canal para receber informações privilegiadas você vai… Hum… Espera… Nossa, acho que não acontece nada nas duas primeiras vezes, então você pode sim utilizar esse canal para receber informações privilegiadas por duas vezes, sofrendo os agravantes supracitados.

Parágrafo 2.2 – Se você gosta de Felipe Neto ou Zorra Total, será obrigado a assistir um filme do Woody Allen, como forma de tortura reversa.

Artigo 3 – Se alguém reclamar de spoiler regulamentado, ou seja, spoiler dado após o prazo de 365 dias, você pode ignorá-lo, xingá-lo e deverá encaminhar seu e-mail para o endereço abnt@abnt.com.vida.mundo  para que possamos tomar as medidas cabíveis.

Parágrafo 3.1 – As medidas cabíveis são as mesmas citadas no Artigo 2, Parágrafo 2.1 e Parágrafo 2.2, utilizando o mesmo sistema de contas.

E é isso pessoal. Espero que tenham gostado e lembram-se: Todo mundo em Lost estava morto na realidade paralela e o final ridículo foi quando todos se encontraram em suas mortes, como se isso fosse possível. Uma grande bosta.

Anúncios